Em 2016, em seu oitavo ano de vida, o CineMaterna chegou a 18 novas salas de cinema, das quais sete em cidades inéditas: Bauru e Taubaté, em São Paulo; Contagem, em Minas Gerais; Campos dos Goytacazes e Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro; Cuiabá, no Mato Grosso; e Macapá, capital do Amapá. Em duas das cidades os cinemas pertencem às redes Cine Araújo (em Campos de Goytacazes - RJ) e PlayArte (Shopping ABC, no ABC paulista), também inéditas no relacionamento com o CineMaterna. 

Com isso, a organização encerrou o ano com presença em 44 cidades de 17 unidades federativas. Ao todo, as 92 salas parceiras pertencem a 12 redes de cinema diferentes, sendo que 35 delas são da Cinemark (representando quase metade das suas 81), 16 são Cinépolis (34% dos 47 complexos atuais), 12 são Kinoplex (35% dos seus 34 complexos) e 8 são Cinesystem (33% dos 24 complexos). 

No ano, contando com uma poderosa rede de 350 mães que se voluntariam para, mês a mês, receber as famílias, foram realizadas 1.017 sessões de cinema, das quais participaram 51.403 adultos e mais de 29 mil bebês. Em junho a organização registrou recorde histórico de público, com quase 5,6 mil adultos e mais de 3 mil bebês atendidos. Desde 2008, lá se vão mais de 5 mil sessões, nas quais foram atendidos mais de 230 mil adultos e 135 mil bebês.